5 mudanças para você ganhar bem-estar no ambiente de trabalho

5 mudanças para você ganhar bem-estar no ambiente de trabalho

Veja como organizar seu espaço de trabalho para ganhar produtividade e, mais importante, bem-estar

 

Apesar das transformações na forma de se trabalhar, as pessoas que dependem de equipamentos como computadores, notebooks, tablets e smartphones ainda passam a maior parte de seu tempo em um ambiente de trabalho, seja num homeoffice ou num escritório.

Alguns detalhes na configuração do espaço de trabalho podem ser decisivos na equalização de uma produtividade mais eficiente com um ambiente mais agradável.

Confira abaixo 5 dicas para adequar seu espaço de trabalho. 

1. Escolha a cadeira apropriada

Entenda que ergonomia em uma cadeira não é ter um produto sob medida para você, mas sim que ela seja ajustável ao seu corpo. Prefira cadeiras com apoia-braços macios e com regulagens de altura e afastamento, que oferecem conforto na digitação ou no uso de mouse. A cadeira deve ter assento com altura variável, que permita você apoiar os pés no chão e alinhar adequadamente seus olhos à tela. E também regulagem para que o encosto deixe sua coluna numa posição ergonômica, quando necessitar trabalhar mais tempo próximo à tela do computador.

Escolha uma marca que invista em tecnologia e que garanta qualidade e ótimo acabamento dos produtos, para sua saúde e seu bem-estar no dia-a-dia. A Funcional Mobiliário Corporativo oferece soluções como as cadeiras das Linhas Sigma e Link, com 6 regulagens diferentes que se traduzem em comodidade e conforto no ambiente de trabalho.

Ambiente de trabalho da empresa ScanSource com cadeiras Sigma giratória. Foto: Funcional Móveis

2. Monitor configurado e posicionado corretamente

Longas jornadas de trabalho podem interferir no seu desempenho no próximo dia de trabalho. Pensando em minimizar os efeitos decorrentes e indesejáveis, cuide de duas importantes regulagens de seu monitor: o brilho e o contraste. Recomenda-se que o brilho seja ajustado no mesmo nível da iluminação do ambiente ao seu redor. Então, se a sua tela parecer uma fonte brilhante de luz, diminua o brilho. Se parecer acinzentado, aumente o nível do brilho.

A posição do monitor também é um terceiro ponto que pode interferir na produtividade e qualidade do trabalho. É recomendado que a distância da linha que passa pelo olhos do usuário até a tela tenha entre 50 cm e 70 cm. Pensando nisso, a Funcional trabalha com dimensões de tampos de mesas que permitem um bom posicionamento do monitor, sem comprometer o espaço necessário para receber pessoas e acomodar papeis, documentos, etc. A empresa também oferece um suporte de monitor com regulagem de altura para instalação nas mesas.

Ambiente da linha Level com apoio de monitores para regulagem de altura e distância. Foto: Funcional Móveis

3. Acerte na iluminação e ventilação

A iluminação do ambiente é crucial. Mesmo lâmpadas de baixo consumo como as de LED podem ter uma luminância inadequada e ter o aspecto de luz fria. O mais agradável e acolhedor aos olhos é a iluminação indireta ou, preferencialmente, a natural. Se a luz natural for abundante, você ainda pode instalar persianas para que ela se torne difusa. E evite instalar sua mesa de frente para a janela. Prefira sempre ficar adjacente à entrada de luz.

Open Offices, ou os escritórios abertos, também têm papel importante quando se fala em iluminação dos ambientes. São espaços com menos paredes e divisórias cegas ou fechadas.

Divisórias piso-teto, em vidro ou com vidro parcial, têm uma menor espessura que as tradicionais paredes em alvenaria, produzem menos sujeira na instalação e em eventuais remanejamentos que o drywall. E além de reaproveitáveis em novos layouts, agilizam a obra e delimitam e economizam espaço. Podem ainda ter persianas instaladas para maior privacidade, quando e onde necessário.

E ainda, você pode optar por cadeiras com encosto em tela, em vez de estofado, pois a tela permite uma maior troca térmica ao corpo do usuário. O que pode trazer ganhos importantes com redução de consumo com aparelhos de ar-condicionado, principalmente em regiões mais quentes.

Ambiente da linha Harvard com utilização das divisórias piso-teto com vidros. Foto: Funcional Móveis

4. Prateleiras

As prateleiras abertas facilitam encontrar objetos, permitem explorar o aspecto decorativo com livros, arquivos e objetos, ajudando o usuário a dar seu toque pessoal.

Prezando por solidez e requinte, estantes e armários como os da linha Harvard da Funcional são uma escolha que valoriza a riqueza visual de seus objetos e de sua “bagunça” organizada. Um estímulo sim à organização, inspiração e criatividade.

Ambiente da linha Harvard com estantes altas. Foto: Funcional Móveis

5. Duas Telas

O uso de dois monitores amplia sua área de trabalho, permitindo que você visualize melhor as janelas abertas nas telas e distribuindo melhor os recursos do computador.

Mas, como se organizar com dois monitores? Uma solução versátil é o suporte para dois monitores da Linha Level da Funcional Mobiliário Corporativo, que além de liberar espaço em sua mesa, possui o ajuste independente de altura, rotação e inclinação de cada uma das telas. Sua estrutura suporta até 8 kg e garante maior durabilidade, funcionalidade e organização de sua mesa.

Ambiente da linha Level com suporte de monitor para duas telas. Foto: Funcional Móveis