8 razões para você investir na cadeira e
mesa certa para seu home office.

8 razões para você investir na cadeira e
mesa certa para seu home office.

Muitas pessoas passam horas e horas utilizando computador, notebook, tablet, smartphones ou equipamentos afins nos ambientes corporativos. Isso é fato, mas é muito importante ser dito que o mesmo ocorre também nos ambientes em casa.

Em algumas casas há espaço com móveis específicos para trabalho ou destinado ao uso destes equipamentos, os chamados home offices. Em outras é comum o ambiente ser improvisado com móveis residenciais ou ainda nem existir espaço próprio, usando os equipamentos em qualquer outro móvel ou cômodo da casa.

Nos ambientes corporativos, a preocupação com a saúde do usuário existe e é monitorada, devendo ser realizados ajustes, quando necessários. As empresas devem zelar pela saúde ocupacional, cumprir as exigências legais como o Programa de Prevenção dos Riscos Ambientais – PPRA e o PCMSO, e consequentemente, estar preparadas com eventuais fiscalizações do Ministério do Trabalho.

É fundamental nas organizações ter um mobiliário adequado que previna doenças ocupacionais, não gere passivo trabalhista ou multas.

Cadeira Vibe – Funcional

Diante disso tudo, o que queremos alertar aqui é algo presente na vida de todos e que pouco se fala a respeito: o uso daqueles equipamentos nos ambientes domésticos. Para exemplificar a importância deste alerta, é importante considerar os agravantes abaixo:

  1. Os móveis para uso em home office normalmente são fornecidos por lojas de móveis residenciais ou por marceneiros autônomos, e não são fabricados de acordo com as normas de ergonomia dos postos de trabalho.
  2. Em casa, normalmente a pessoa não dispõe de uma cadeira ergonômica e tem a tendência de não cuidar de sua correta postura ao sentar-se.
  3. Muitas pessoas passam mais tempo trabalhando em casa do que na empresa.
  4. O tempo de trabalho numa empresa muitas vezes é interrompido por outras atividades, como ter que se levantar para atender outra pessoa, usar telefone, se deslocar a outro setor, etc. O que não acontece com alguém em casa numa madrugada, por exemplo. Ou seja, é comum em casa uma pessoa ficar horas sem interrupção utilizando os equipamentos.
  5. Os movimentos de alguém usando em casa estes equipamentos para pesquisas, trabalhos escolares ou mesmo jogos eletrônicos tendem a ter movimentos repetitivos que podem ocasionar graves lesões.
  6. Nos home offices, existe uma preocupação muito maior com o aproveitamento de espaço e estética do que com o conforto e saúde do usuário. Sendo muito comum vermos espaços sob mesas que deveriam ser ocupadas pelas pernas da pessoa, e não por impressoras, prateleiras, CPU’s, armários, etc.
  7. Existe risco de acidantes em casa, que podem ser causados por fios e cabos em áreas de circulação ou movimentação do usuário, equipamentos em locais inadequados e áreas de circulação insuficientes.
  8. Há casos de incidência de doenças como LER, DORT, tendinites, etc que podem ser contraídas no uso contínuo dos equipamentos em casa, independente da idade da pessoa.

Quem projeta e executa móveis para uso em casa, para fins profissionais ou pessoais deve considerar os problemas decorrentes destes pontos. Para isso, é muito importante a contratação de um arquiteto ou uma empresa especializada em móveis corporativos que prevejam a utilização dos móveis com todos os seus equipamentos.

Um lugar para cada coisa. Cada coisa em seu lugar. Preveja espaços aos cabos, monitor, teclado, CPU, impressora, telefone e fácil acesso a tomadas, estabilizador, filtro de linha e principalmente para quem vai usar o mobiliário.

Decida pela compra adequada e tenha a garantia de que receberá produtos que zelam pela sua saúde, conforto e bem estar.

Afinal, saúde é importante nas empresas e dentro de casa também!

Engº. Eletricista Helder J. Dias – Diretor da Funcional Móveis.

 

 

 

 

 

 

 
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.