Dicas para manter o escritório sustentável

Mais do que moda, ter atitudes sustentáveis é uma necessidade para amenizar os estragos que o próprio homem faz no planeta. É preciso criar o hábito de agir pensando na redução de consumo de produtos agressores do meio ambiente e também na redução de consumo de recursos naturais. E isso vale não apenas em casa, mas em qualquer local que estejamos, inclusive no trabalho. Por isso, a Funcional separou algumas dicas de como manter o escritório sustentável.

 

ENERGIA ELÉTRICA

Lâmpadas – Comece pela troca de lâmpadas incandescentes e fluorescentes pelas de LED. Apesar de serem mais caras, elas duram muito mais (algumas chegam a 14 anos) e geram no total redução de até 90% na conta de luz, segundo cálculos da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). Além disso, certifique-se de desligar todas as lâmpadas ao sair do escritório na hora do almoço e no fim do dia e também em salas que não estão sendo usadas. Reveja se é necessário deixar todas elas acesas mesmo durante o expediente. Quanto mais luz natural puder deixar no ambiente, melhor.

Luz natural no escritório

Quanto mais luz natural entrar no escritório, menos será o custo com energia elétrica.

 

Monitores – O monitor é o responsável pela maior parte do consumo de energia em um computador. Portanto, desligue-o quando não for utilizar o PC por algum tempo ou configure-o para o modo de economia.

Condicionadores de ar – Racionalize a utilização do ar-condicionado, desligando-o na hora do almoço e pouco antes do fim do expediente. Opte por aparelhos com selos de eficiência no consumo de energia. Dimensione a capacidade do aparelho ao tamanho do ambiente e evite instalá-lo onde pega incidência de sol direta nele. Se a temperatura externa estiver amena, opte por manter o aparelho desligado e refresque o ambiente mantendo as janelas abertas.

ar-condicionado sustentável

Aparelhos de ar-condicionados modernos consomem menos energia e são aliados do escritório sustentável.

 

Stand by – Verifique o consumo dos equipamentos que ficam em modo stand by e, se for alto, desligue-os, pois contribuem para o aumento da fatura de energia.

 

Veja também:

Como escolher móveis para sala de espera e recepção

Opção em mobiliário corporativo de alto padrão

 

ÁGUA

Fim dos copos descartáveis – Aposte em xícaras ou canecas de vidro e/ou porcelana individuais para tomar café e água. Além de serem prejudiciais ao meio ambiente, os copos plásticos em contato com o café quente podem liberar uma substância chamada Estireno – presente no plástico – a níveis acima do que é considerado seguro pelo Ministério da Saúde. Um dos riscos é o desenvolvimento de câncer. As informações surgiram de pesquisa desenvolvida pelo Instituto de Química da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Caneca no escritório

Mantenha a sua própria caneca para tomar café, chá e até água, evitando desperdício de copos descartáveis.

 

Banheiros – Invista em sistemas de descargas nos banheiros e em torneiras mais modernos, que podem gerar economia de até 50% no consumo de água. Oriente os funcionários para manter os banheiros limpos, para que não seja preciso lavá-los todos os dias.

Vazamentos – Faça sempre inspeção hidráulica para avaliar possíveis vazamentos. Fique de olho na conta. Aumento de consumo repentino é sinal de vazamento.

Evite vazamento para reduzir conta de água no escritório

Fique de olho nos vazamentos, que elevam a conta de água.

Plantas – Plantas dão sempre a sensação de frescor ao ambiente. Mas opte pelas variedades que exijam menos água, como a Ficus e a Palmeira Ráfia.

LIXO

Reciclagem – É muito comum as pessoas fazerem a separação do lixo em casa, mas não no ambiente de trabalho. Conscientize seus funcionários e, claro, dê alternativas de recipientes para a separação. Se tiver implantado um PGRS (Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos), repasse as normas aos funcionários.

PAPEL

Material de escritório – Apesar de praticamente 100% do papel utilizado como material de escritório serem oriundos de florestas renováveis, é sempre bom racionalizar o consumo. Só imprima o que for necessário e, se for o caso, opte pela impressão nos dois lados do papel. Folhas impressas de um lado que não têm mais serventia podem ser cortadas e usadas como rascunho. Agendas do ano anterior não utilizadas também podem servir como rascunho. Se assina muitos jornais e revistas, acerte com uma cooperativa de reciclagem para fazer a coleta.

Agenda do ano anterior

Agenda do ano anterior pode ser utilizada como rascunho para economia de papel.

Impressos – Com o crescimento do serviços gráficos digitais, você pode imprimir pequenas quantidades de papelaria corporativa, relatórios, apresentações, entre outros. Assim, dispensa grandes espaços nos armários para guardar estes materiais e evita que fiquem desatualizados, tendo que ir para o lixo por não servirem mais.

 

LOGÍSTICA

Home office – Se o estilo do seu negócio permitir, avalie a possibilidade de funcionários realizarem algumas tarefas em casa. Assim, evitam consumo de combustível e a geração de mais gás carbônico na atmosfera. Além disso, racionalizam os gastos (água, café, energia) na própria empresa.

Trabalhar de casa ajuda a manter escritório sustentável

Em algumas situações, colaborador pode trabalhar de casa e evitar consumo de recursos com ida ao escritório.

 

Carona solidária – Incentive pessoas que morem perto uma das outras a adotarem a carona solidária, indo e voltando para o trabalho em apenas um carro.

Bicicleta – Para os que gostam de bikes, incentive a ida ao trabalho com este meio de transporte. Crie locais com cobertura para acomodação das bikes na empresa.

Caminhada – Se mora relativamente perto do trabalho, experimente ir a pé. Você evita o estresse do trânsito e ainda ganha em saúde. Também dá para dispensar o carro na hora do almoço, indo com seus colegas do escritório a pé para o restaurante.

Caminhar ao ir e voltar do trabalho.

Na ida ao trabalho, ou na volta, chame seus amigos e curtam uma boa caminhada, evitando consumo de combustível e emissão de poluentes.

 

Reuniões – Em alguns estilos de negócios, em que os funcionários ficam maior parte do tempo na rua, é possível agendar reuniões por vídeo-conferência, feitas até mesmo pelo celular. Assim, não é preciso que o funcionário se desloque até a sede da empresa.

Reunião à distância evita deslocamento do colaborador ao escritório.

Videoconferência é alternativa para reuniões em que o funcionário não precisa estar no escritório.

 

DECORAÇÃO

Mobiliário – Adote móveis modernos e versáteis, que permitam a inclusão de novas peças sem interferir na harmonia do ambiente. Isso é ideal para empresas que estão sempre crescendo e precisam constantemente de novos mobiliários. Invista em qualidade, para não ter que ficar trocando todos os anos. Também opte por peças que podem ser limpas facilmente, reduzindo o consumo de materiais de limpeza.

Cores – Opte por clores claras na parede, que dão a sensação de frescor ao ambiente e contribuem para a redução de iluminação artificial.

Reciclados – Você pode utilizar vários objetos (porta-canetas, quadros, vasos, entre outros) feitos a partir de materiais reciclados. Basta vasculhar feiras de artesanatos. São estilosos e contribuem para a preservação do ambiente.

 

ENGAJAMENTO

Engaje todos os funcionários, conscientizando-os sobre a importância de ter atitudes sustentáveis para o bem do planeta. Pode até criar incentivos com distribuição de parte do dinheiro economizado. Melhores contribuições dos colaboradores nesta área também podem ser recompensadas e reconhecidas publicamente.

A Funcional, por exemplo, adotou recentemente uma prática que evitou desperdício de restos de materiais resultantes do processo de fabricação dos móveis. Sobras que eram descartadas foram transformadas em componentes dos móveis, como mostra o vídeo neste link

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.